A+ / A-

Trabalho contra esclerose lateral amiotrófica vale condecoração a Salvador Guedes

03 out, 2016 - 20:18

Marcelo Rebelo de Sousa atribuiu a ordem de mérito ao ex-presidente da Sogrape na inauguração da Associação Portuguesa de Esclarose Lateral Amiotrófica, no Porto.
A+ / A-

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, condecorou esta segunda-feira Salvador Guedes, ex-presidente da Sogrape Vinhos, com a ordem de mérito, em reconhecimento pelo seu trabalho no combate à esclerose lateral amiotrófica (ELA).

“Salvador Guedes foi sempre e continua a ser denodadamente um combatente solidário, empenhado em criar pontos de encontro, estruturas de convergência, traços de comunhão de vida com aqueles companheiros de jornada. Sempre chamando tantos outros para a faina comum”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa.

E acrescentou: “Essa sua coragem pessoal e cidadã explica que o Presidente da República o condecore com a ordem do mérito, votada também ela ao contributo para a comunidade e seus desígnios sociais”.

Marcelo falava na inauguração da nova delegação da APELA – Associação Portuguesa de Esclerose Lateral Amiotrófica, instalada no Centro Hospitalar do Conde Ferreira, num espaço cedido pela Santa Casa da Misericórdia do Porto (SCMP).

“Coincidiu este papel da SCMP com uma campanha chamada ‘Todos contra ELA’. [Esta] é a expressão mais feliz daquilo que se nos pede no combate contra a esclerose lateral amiotrófica. Todos, ou seja, todos nós. Com toda a mobilização de vontades, de meios, de convicções”, apelou o Presidente da República que recebeu das mãos do provedor o diploma de irmão honorário.

O ex-presidente da empresa Sogrape, a quem a doença foi diagnosticada há cerca de três anos, foi o fundador da campanha “Todos contra ELA”, projecto de angariação de fundos que revertem para a APELA.

“Há cerca de um ano, Salvador Guedes veio falar comigo sobre a necessidade de se criar um espaço que pudesse ajudar a resolver o problema dos cuidadores e das famílias das pessoas portadoras desta doença. Perante a maneira como ele me colocou a questão, a SCMP, nos seus 517 anos, não poderia dizer outra coisa senão ‘presente’ a este apelo”, contou o provedor António Tavares.

Para Fernando Guedes, irmão de Salvador Guedes que assumiu o seu cargo de CEO na Sogrape há cerca de um ano, a condecoração de Marcelo Rebelo de Sousa foi “ultra merecida” e o reconhecimento da sua “obra extraordinária”.

O familiar lembrou que a doença foi diagnosticada a Salvador Guedes “há cerca de três anos”, manifestando-se através da “perda de força muscular”.

“É uma doença neurológica que afecta toda a parte muscular” do doente que mantém “todas as suas capacidades intelectuais e psicológicas”, relatou, contando que Salvador Guedes “continua a participar no dia-a-dia da empresa”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.