A+ / A-

Furacão "Alex" encerra serviços públicos em sete ilhas dos Açores

14 jan, 2016 - 20:11

Os efeitos do furacão deverão sentir-se a partir das 23h00 locais (mais uma hora em Lisboa). Ventos podem alcançar os 170 quilómetros/hora.
A+ / A-

O presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, determinou o encerramento de todos os serviços e organismos regionais nas sete ilhas dos grupos Central e Eriental devido ao mau tempo.

"Face ao agravamento previsível do estado do tempo nas ilhas dos grupos central e oriental do arquipélago dos Açores para sexta-feira, o Governo Regional, por despacho do presidente, decidiu o encerramento de todos os serviços e organismos localizados naquelas ilhas", refere uma nota de imprensa do executivo açoriano, cujo presidente vai acompanhar o evoluir da situação na ilha Terceira, onde está a sede da Protecção Civil.

Segundo o mesmo despacho, são excepção "os serviços considerados urgentes e essenciais, nomeadamente hospitais, centros de saúde, serviços de protecção civil, assim como os demais considerados pelos respectivos directores regionais da tutela".

Entretanto, os municípios da Praia da Vitória (Terceira), Nordeste (S. Miguel), e Lajes e São Roque (Pico), vão estar encerrados ao público na sexta-feira devido ao mau tempo, informaram os respectivos presidentes de câmara.

Os serviços municipais de Protecção Civil estão, contudo, de prevenção para a eventualidade de ser necessário responder a algum incidente decorrente do furacão `Alex` que deverá atingir na sexta-feira o grupo central do arquipélago (ilhas Terceira, Faial, Pico, Graciosa e São Jorge).

Para este grupo foi emitido um aviso meteorológico vermelho devido à chuva, agitação marítima e vento. O mesmo aviso, o mais grave de uma escala de quatro, foi também emitido para o grupo oriental (São Miguel e Santa Maria), mas para chuva e vento.

O gabinete de imprensa do executivo açoriano informou ainda que foi encerrado o acesso à montanha do Pico, o ponto mais alto de Portugal, assim como a centros ambientais e reservas florestais.

Segundo a mesma nota, os níveis de aviso emitidos pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) determinaram "o encerramento preventivo, pela sua maior exposição e risco para a segurança, da Casa da Montanha e da Gruta das Torres, na ilha do Pico, do Centro de Interpretação do Vulcão dos Capelinhos, no Faial, e da Furna do Enxofre, na Graciosa".

O documento adianta que "o acesso público ao Monte Brasil, na ilha Terceira, também vai estar encerrado durante o dia de sexta-feira", aconselhando a Direcção Regional dos Recursos Florestais que "seja evitada a visita às reservas florestais de recreio não vedadas das ilhas dos grupos central e oriental enquanto vigorarem os avisos para vento e chuva fortes".

A meteorologista da delegação regional dos Açores do IPMA Vanda Costa disse à Lusa, pelas 18h00 locais (mais uma hora em Lisboa), que os efeitos do furacão `Alex` vão sentir-se a partir das 23h00 locais, estando a 670 quilómetros a sul do Faial e a deslocar-se a 30 km/hora em direcção norte-nordeste.

"O centro do furacão [onde a pressão é mais baixa] atravessará o grupo central na madrugada e manhã de sexta-feira", declarou Vanda Costa, notando existir uma "ligeira discrepância sobre a direcção, pelo que não é possível saber com mais rigor quais as ilhas do grupo central que afectará mais".

A meteorologista adiantou que "as ondas podem ter uma altura máxima de 18 metros e as rajadas podem atingir os 170 km/hora" nestas cinco ilhas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.