A+ / A-

WRC. Terceira vitória seguida de Tanak

16 set, 2018 - 16:17

No Mundial a liderança ainda é de Thierry Neuville, com 177 pontos, à frente de Ott Tanak, com 164.
A+ / A-

Embalado pelas vitórias na Finlândia e na Alemanha, o estónio Ott Tanak (Toyota Yaris WRC) venceu o Rali da Tunísia, naquela que foi a sua terceira vitória consecutiva, quarta da temporada (a outra aconteceu na Argentina) e sexta da carreira.

Como consequência do seu triunfo, Ott Tanak ascendeu ao segundo lugar do “Mundial” a 13 pontos do belga Thierry Neuville (Hyundai i20 Coupé WRC) que, ao ser o mais rápido na “Power Stage”, saiu da Tunísia com cinco pontos, que podem ser importantes na decisão do título, e a Toyota, que conseguiu a “dobradinha” graças ao segundo lugar do finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris WRC), passou para o comando do “Mundial” de marcas, com cinco pontos de avanço sobre a Hyundai.

Com as posições definidas, o interesse no derradeiro dia da competição era o de saber se Thierry Neuville e o francês Séabstien Ogier (Ford Fiesta WRC) conseguiam, depois do abandono de ontem, pontuar na “Power Stage”, como sucedeu, por terem sido os dois mais rápidos à frente do estónio, com o francês a contabilizar mais um ponto por ter conseguido terminar em 10.º.

O neo-zelandês Hayden Paddon (Hyundai i20 Coupé WRC) completou o pódio, à frente do finlandês Teemu Suninen (Ford Fiesta WRC), o melhor dos pilotos da marca da oval.

A prova tunisina contou com a presença do português Diogo Salvi (Skoda Fabia R5) que soube resistir à dureza do percurso e terminou no 18.º lugar (sétimo entre os RC2), entre os 31 classificados.

O norueguês Henning Solberg (Skoda Fabai R5), sexto da geral, dominou entre os RC2, com checo Jan Kopecky (Skoda Fabia R5) a terminar em segundo, à frente do romeno Simone Tempestini (Citroen C3 R5), que acabou por ser o melhor entre os que pilotavam carros da marca francesa.

Classificações

Rali

1.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Toyota Yaris WRC), 3.59’24,5”

2.º, Jari-Matti Latvala/Mikka Antilla (Toyota Yaris WRC), a 22,3”

3.º, Hayden Paddon/Sebastian Marshall (Hyundai i20 Coupé WRC), 1’46,3”

4.º, Teemu Suninen/Mikko Markkula (Ford Fiesta WRC), a 4’10.9”

5.º, Andreas Mikkelsen/Anders Jaeger (Hyundai i20 Coupé WRC), a 7’11,7”

6.º, Henning Solberg/Ilka Minor (Skoda Fabia R5), a 13’40,6” (1.º RC2)

7.º, Jan Kopecky/Pavel Dresler (Skoda Fabia R5), a 18’25,2”

8.º, Simone Tempestini/Sergiu Itu (Citroen C3 R5), a 19’37,1”

9.º, Chris Ingram/Ross Whittock (Skoda Fabia R5), a 20’21,3”

10.º, Sébastien Ogier/Julian Ingrassia (Ford Fiesta WRC), a 20’51,2”

………………………………………………………………………….

18.º, Diogo Salvi/Hugo Magalhães (Skoda Fabia R5), a 43’42,7”

“Mundiais”

Pilotos

1.º, Thierry Neuville, 177 pontos

2.º, Ott Tanak, 164

3.º, Sébastien Ogier, 154

4.º, Esapekka Lappi, 88

5.º, Jari-Matti Latvala, 75

6.º, Andreas Mikkelsen, 75

7.º, Dani Sordo, 60

8.º, Teemu Suninen, 54

9.º, Elfyn Evans, 52

10.º, Hayden Paddon, 49

11.º, Mads Ostberg, 48

12.º, Craig Breen, 47

13.º, Kris Meeke, 43

14.º, Jan Kopecky, 17

15.º, Sébastien Loeb, 15

16.º, Pontus Tidemand, 11

17.º, Henning Solberg, 8

18.º, Bryan Bouffier, 4

18.º, Marijan Griebel, 4

18.º, Simone Tempestini, 4

20.º, Gus Greensmith, 2

20.º, Lukasz Pieniazek, 2

20.º, Chris Ingram, 2

23.º, Pedro Heller, 1

23.º, Yoann Bonato, 1

23, Stéphane Lefebvre,1

23.º, Kalle Rovampera, 1

Construtores

1.º, Toyota Gazoo Racing WRT, 284 pontos

2.º, Hyundai Shell Mobis WRT, 279

3.º, M-Sport Ford WRT, 244 + 12 + 8

4.º, Citroen Total Abu Dhabi WRT, 159

Próxima prova – Rali de Inglaterra, de 5 a 7 de outubro

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.