A+ / A-

Ronaldo chega a acordo com o Fisco espanhol. Paga 19 milhões e fica com dois anos de pena suspensa

26 jul, 2018 - 13:25

CR7 tem de declarar culpa. É acusado de fraude fiscal de 14,7 milhões de euros, relativos a direitos de imagem, de quando ainda era jogador do Real Madrid.
A+ / A-

O Fisco espanhol terá aceitado o acordo proposto por Cristiano Ronaldo e pelo Ministério Público, avança a agência EFE.

O jogador português declarar-se-á culpado de evasão fiscal e pagará 19 milhões de euros. Em troca, será condenado a dois anos de prisão, com pena suspensa.

O avançado da Juventus é acusado de desfalcar o Fisco espanhol em 14,7 milhões de euros, relativos a direitos de imagem e referentes ao período entre 2011 e 2014, quando ainda era jogador do Real Madrid.

O acordo prevê que Cristiano Ronaldo pague a multa e os valores gastos pelo Ministério Público espanhol na investigação, além do valor inicial que teria de pagar ao Fisco, de cerca de seis milhões de euros.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.