O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
Mundial 2018

Campeonato do mundo começou com atuação de Robbie Williams

14 jun, 2018 - 16:23

Cantor britânico foi a estrela da cerimónia de abertura. Iker Casillas também esteve presente no relvado do estádio Luzhniki, em Moscovo.
A+ / A-

Começou a 21º edição do campeonato do mundo, em Moscovo, na Rússia.

Com o estádio Luznhiki cheio, Robbie Williams e a solista da ópera de Viena, Aida Garifoulina, deram o pontapé de saída do Mundial 2018 com a atuação de dois êxitos. O espanhol Iker Casillas, guarda-redes do FC Porto, também esteve no relvado e apresentou o troféu da competição ao mundo.

O cantor britânico, que confessou estar a concretizar um sonho de criança ao participar na cerimónia de abertura de um Mundial, começou a sua atuação com “Feel”, um dos seus grandes êxitos. Acompanhado por coreografia, o segundo êxito, “Angels”, foi cantado em dueto com Aida Garifoulina, solista de ópera.

Depois da entrada da bola de jogo, Ronaldo, o "Fenómeno”, entrou acompanhado por uma criança para dar o pontapé de saída e, curiosamente, foi a criança que acabou por tocar primeiro na bola depois de uma simulação da estrela brasileira.

Casillas e a modelo russa Natalia Vodiónova apresentaram o troféu da competição antes do início das atuações. Pelé também era esperado no relvado mas o ex-futebolista brasileiro não esteve presente devido a uma lesão na anca.

A cerimónia chegou ao fim com o discurso de boas-vindas, em russo, do presidente Vladimir Putin que destacou a Rússia como um país amigável e hospitaleiro, e as palavras do presidente da FIFA, Gianni Infantino.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.