O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
Seleção Nacional

Fernando Santos quer "matar" a história negativa de Portugal no primeiro jogo

14 jun, 2018 - 15:15

O selecionador quer dar a primeira vitória a Portugal no jogo de estreia em fases finais de grandes competição desde 2008. A Espanha é o obstáculo à escrita de nova história, na Rússia.
A+ / A-

Fernando Santos quer bater a história e dar a primeira vitória a Portugal no jogo de estreia em fases finais de grandes competição desde 2008.

"A história é passado, o que importa é o presente. Queremos 'matar' essa história de não conseguirmos vencer o primeiro jogo", declarou o selecionador nacional, esta quinta-feira, em conferência de imprensa de antevisão do jogo com a Espanha, de abertura do grupo B do Mundial.

Para derrotar a Espanha, Portugal precisará de Cristiano Ronaldo ao máximo nível. Fernando Santos elogiou o craque, "um extraordinário capitão e extraordinário jogador", cuja influência é "sempre decisiva", seja em campo, no treino ou em estágio. "Mas mais importante do que ele ou eu somos nós. Importante é a equipa de Portugal. Ele retrata muito bem esse exemplo de sermos nós", assinalou o selecionador.

Adversário de qualidade para um jogo sempre difícil

A Espanha "é um adversário fantástico", com equipa e jogadores "de enorme qualidade" e um estilo "há muitos anos consolidado". Fernando Santos garantiu que a seleção nacional está "confiante, sem presunção", com "ambição de vencer" o que espera que seja "um grande jogo".

Apesar disso, o timoneiro da equipa das "quinas" alertou que o arranque é tradicionalmente complicado para qualquer seleção: "O primeiro jogo de um Campeonato do Mundo para qualquer equipa é sempre mais difícil. Espero que seja um grande jogo de futebol. E que Portugal vença".

Fernando Santos não espera que a equipa chegue a 100%, depois de uma época desgastante. "Acredito que a equipa está preparada para defrontar este grande adversário, mas as equipas não jogam sozinhas. Vão estar em confronto duas grandes equipas. Vamos ver qual das equipas se conseguirá superiorizar, se é que alguma delas conseguirá", frisou.

O Portugal-Espanha realiza-se na sexta-feira, às 19h00, em Sochi. Terá relato na Renascença e acompanhamento, ao minuto, em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.