A+ / A-

Casillas solidariza-se com jogadores do Sporting e pede fim da violência

16 mai, 2018 - 16:10

O guarda-redes do FC Porto traça a diferença entre rivalidade e violência desportivas, em reação às agressões em Alcochete.
A+ / A-

Iker Casillas solidarizou-se, esta quarta-feira, com os jogadores do Sporting, que foram agredidos, na véspera, por um grupo de 50 adeptos, na Academia de Alcochete, e condenou a violência no futebol.

"Solidarizo-me com os companheiros do Sporting", escreveu o guarda-redes do FC Porto, no Twitter. "A rivalidade desportiva deve existir no terreno de jogo mas a violência desportiva não pode existir nem no campo nem fora dele", acrescentou.

Casillas repudiou "com maiúsculas o sucedido" na Academia. "Fora com os violentos desde desporto", completou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.