A+ / A-
Peru

Doping. Guerrero falha Mundial

14 mai, 2018 - 21:26

Avançado foi suspenso depois de ter acusado benzoilecgonina, um derivado da cocaína, no embate com a Argentina, de qualificação para o Mundial.
A+ / A-

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) aumentou, esta segunda-feira, a pena de Paolo Guerrero de seis para 14 meses de suspensão, por doping.

A decisão, em última instância, é definitiva.

O avançado peruano já cumpriu seis meses de suspensão, sendo que faltam agora cumprir oito meses. Guerrero só poderá voltar a actuar em 2019, o que o impede de alinhar pelo Flamengo, atual clube, com quem termina contrato em Agosto.

Guerrero foi suspenso depois de ter acusado benzoilecgonina, um derivado da cocaína, no embate com a Argentina, em Outubro, de qualificação para o Mundial.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.