O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
FC Porto

Jorge Amaral admite saída de Sérgio Conceição

09 mai, 2018 - 12:45 • Rui Viegas

Antigo guarda-redes, e adepto portista, defende a continuidade de Casillas, baixando o vencimento.
A+ / A-

Jorge Amaral admite que Sérgio Conceição pode deixar o FC Porto, no verão. O treinador campeão nacional estará a ser alvo da cobiça de vários emblemas estrangeiros e a continuidade no Dragão em 2018/19, apesar de existir contrato, não é ainda um dado adquirido.

Na opinião do ex-guarda-redes portista, é "normal" o interesse em Conceição "face à época" conseguida.

"Para ele e para os jogadores, há portas que se abrem. Acho que a possibilidade é viável, mas, da mesmo forma que o coração falou no ano passado, este será um assunto muito fácil de resolver", sustenta o antigo jogador, de 62 anos.

Manter Casillas a um custo mais baixo

Amaral gostaria que o FC Porto mantivesse Casillas na próxima época e acredita que a continuidade do espanhol, em fim de contrato, depende apenas da sua abertura para baixar o ordenado.

"Se eventualmente a parte financeira fosse ultrapassada era ótimo para o Porto. O problema de Casillas não é a parte financeira. Porém, não sabemos quais as propostas e a ideia do jogador, mas ele já manifestou que se o Porto lhe batesse à porta...", defende.

Os novos campeões nacionais vão fechar o campeonato, sábado, em Guimarães. Jorge Amaral adverte que há uma meta a atingir: "88 pontos, que igualariam o registo do Benfica, como pediu Pinto da Costa".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.