O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Líbia. Atentado faz dois mortos em Benghazi

09 fev, 2018 - 23:39

Já em Janeiro a cidade tinha sido alvo de um grande atentado que fez 40 mortos.
A+ / A-

Um atentado numa mesquita em Benghazi, na Líbia, provocou pelo menos dois mortos e 75 feridos, alguns com gravidade.

As forças de segurança anunciaram que duas bombas deflagraram no início da oração semanal em Saad Ibn Abu Abada, mesquita no centro de Benghazi, mil quilómetros a leste da capital líbia, Trípoli.

Um dos engenhos explosivos foi colocado numa caixa no pátio da mesquita e o segundo encontrava-se dentro de uma estrutura para arrumação de sapatos.

Em 23 de janeiro, Benghazi sofreu um duplo atentado, igualmente numa mesquita, no qual morreram 40 pessoas.

Este atentado não foi reivindicado, mas foi um exemplo da instabilidade que persiste nesta região líbia, controlada pelas forças do marechal Khalifa Haftar, hostis ao Governo e reconhecido pela comunidade internacional.

Benghazi tem sido alvo de ataques visando representações diplomáticas e forças de segurança.

Em 11 de setembro de 2012, o consulado dos Estados Unidos foi atacado e o embaixador Christopher Stevens perdeu a vida, assim como mais três norte-americanos.

Mais de seis anos após a revolta que levou à destituição do ex-líder Mouammar Kadafi, a Líbia continua minada pela insegurança e por uma instabilidade política.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.