O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
Cristiano Ronaldo

Fernando Santos. "Escusam de pensar que é a última Bola de Ouro do génio"

07 dez, 2017 - 21:53

Seleccionador nacional profundamente elogioso para com o vencedor da Bola de Ouro de 2017.
A+ / A-

Fernando Santos prevê, sem reservas, que a quinta Bola de Ouro conquistada por Cristiano Ronaldo não será a última da carreira do capitão da Selecção Nacional, que rotula de "génio".

O seleccionador nacional "AA" de futebol proferiu, em declarações à Federação Portuguesa de Futebol, o juízo da "elementar justiça" por mais uma distinção para CR7, que considera ser "simplesmente o melhor".

"Parece-me de elementar justiça, por tudo o que tem feito. As palavras são sempre muito curtas para se falar de Cristiano Ronaldo mas, simplesmente, é o melhor. Todos os portugueses têm um grande orgulho na carreira de Cristiano Ronaldo e o contributo que ele tem dado ao futebol português e ao país. Escusam de pensar que esta será o seu limite, porque do Cristiano temos de esperar sempre tudo. Vai continuar a dar muitas alegrias à Selecção Nacional e ao seu clube. É um génio", declarou Fernando Santos.

No despique final, Ronaldo bateu a concorrência do brasileiro Neymar, do PSG e que foi terceiro e do argentino Lionel Messi, do Barcelona, segundo classificado.

O internacional português, de 32 anos, chega ao "penta" e alcança precisamente o seu principal rival, Messi, que mantém o registo de cinco troféus da France Football.

O madeirense arrecadou o troféu em 2008, 2013, 2014, 2016 e, agora, em 2017.

Já o astro argentino foi vencedor em 2009, 2010, 2011, 2012 e 2015.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.