A+ / A-

ONU tem relatos credíveis sobre megacampo de concentração na China

10 ago, 2018 - 17:08

Um milhão de pessoas da minoria étnica uighur vivem em detenção e outros dois milhões foram obrigados a passar por "campos de doutrinação".
A+ / A-

As Nações Unidas receberam relatos credíveis da existência de um “enorme campo de concentração envolto em segredo”, na China, onde estão detidas um milhão de pessoas da minoria étnica uighur.

Outros dois milhões de uighurs e de outras minorias muçulmanas foram obrigados a passar por “campos de doutrinação política”, segundo Gay McDougall, do Comité da ONU para a Eliminação da Discriminação Racial.

Gay McDougall falava em Genebra, na Suíça, no arranque de uma sessão dedicada ao estado dos direitos humanos na China, incluindo os territórios de Macau e Hong Kong.

A delegação chinesa presente na reunião não comentou os relatos sobre campos de concentração secretos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.