O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
Opinião de Francisco Sarsfield Cabral
A+ / A-

​Cegueira irresponsável

29 ago, 2017 • Opinião de Francisco Sarsfield Cabral


A costa Leste dos EUA é muito vulnerável às alterações climáticas. Multiplicam-se as tempestades e as inundações.

A costa Leste dos EUA é muito vulnerável às alterações climáticas. Entre 2005 (furacão Katrina) e hoje (furacão Harvey) ainda houve dois outros furacões catastróficos em perda de vidas humanas, destruição e custos financeiros para a reconstrução (em 2008 e 2012). Agora, o Harvey pode causar enormes estragos na zona do Texas onde há uma forte implantação da indústria petrolífera (refinarias, tratamento de produtos, reservatórios, etc.).

Aos ventos ciclónicos sucedem-se chuvas diluvianas, provocando grandes inundações. O aquecimento do mar, em resultado das alterações climáticas, agrava a humidade do ar e a intensidade das chuvas. E o mar na costa Leste dos EUA subiu mais de 15 centímetros nas últimas décadas, facilitando a entrada das ondas pelo território dentro.

Obama tinha em 2015 decretado uma regulamentação enquadrando a construção de infra-estruturas para proteger das águas zonas inundáveis do Texas. Trump revogou-a no passado dia 15… Fê-lo porque uma das suas prioridades é desfazer tudo o que vem do seu antecessor. E também porque ele, Trump, não acredita nas alterações climáticas.

Trump não vai mudar de ideias, ou de crenças, com o presente desastre no Texas. É uma posição anticientífica, onde a racionalidade não entra. Lamentável é que muita gente sofra com essa cegueira irresponsável.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Bela
    29 ago, 2017 Coimbra 12:03
    "Obama tinha em 2015 decretado uma regulamentação enquadrando a construção de infra-estruturas para proteger das águas zonas inundáveis do Texas." Porém, se não as pôs em prática para nada servem! Pode ser que com esta nova catástrofe alguém abra os olhos e realmente ponham maõs às obras. Os decretos por si só nada fazem.É preciso fazer, fazer.