O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.

Oração da Manhã
A+ / A-

Domingo, 8 de julho de 2018

D. Francisco Senra Coelho


Oração da Manhã - 08/07/2018
Oração da Manhã - 08/07/2018

Neste domingo a Liturgia da Palavra apresenta-nos uma perplexidade muito humana: os judeus aprendiam de seus pais que Deus era um rei forte e poderoso, por isso também o seu messias o deveria ser. Então como acreditar que o humilde carpinteiro filho de Maria fosse o Messias? Como explicar tantos prodígios por Ele realizados? Perante tanta dificuldade em perceber o Emanuelle, “Jesus estava admirado com a falta de Fé daquela gente”, e por isso, “não podia fazer ali qualquer milagre”. Tantas vezes, também nós temos dificuldade em ver Deus nas coisas simples e ditas normais da vida. Quando se fala na possibilidade de fenómenos paranormais ou milagrosos, quanta adesão manifestam.
Senhor, o Teu caminho foi o da humanização. No quotidiano da Tua vida entregue sem reservas, foste revelando aos homens e mulheres de todos os tempos o amago do seu valor, sermos filhos de Deus e por isso irmãos uns dos outros. Mostraste-nos quando valemos para o Pai do Céu ao dares por nós a vida. Que te saibamos anunciar pela nossa dimensão humana, na humanização das nossas relações com cada pessoa que cruzamos.
Bom dia!

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.