O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
Arquivo
Visto de Fora

Ligação dos portugueses à seleção e aos símbolos nacionais “é muito interessante”

15 jun, 2018 • Ricardo Conceição


No dia em que Portugal e Espanha jogam no Mundial da Rússia, o futebol é tema central do "Visto de Fora". Esta edição termina com uma mensagem de um filho luso-francês para o pai gaulês.
Visto de Fora - O país visto por dois jornalistas estrangeiros a viver em Portugal - 15/06/2018
Visto de Fora - O país visto por dois jornalistas estrangeiros a viver em Portugal - 15/06/2018

“Pai, quero dizer que te amo. És meu pai, mas a partir de hoje vamos entrar em guerra. Quando o hino de Portugal começar irei pôr a mão no coração e irei orgulhar-me deste país que me viu nascer.”

É apenas um excerto de uma sms enviada por Luca (13 anos) ao pai, Olivier Bonamici, em dia de Portugal – Espanha.

O mundial da Rússia promete 64 jogos de futebol ao longo de 31 dias e as seleções de França, Espanha e Portugal vão tentar chegar ao último dia da competição.

Neste "Visto de Fora", o Futebol é rei. Os dois correspondentes olham para a forma como os portuguese sentem e vibram com a seleção nacional de Futebol.

Olivier Bonamici diz que apesar da derrota em Paris (2016), os verdadeiros “inimigos” dos gauleses são os alemães e os italianos. O jornalista francês admira a forma como os portugueses “vestem” a seleção até nos empregos, algo que em França não acontece. A utilização das cores e dos símbolos nacionais gauleses (fora do ambiente de jogo) estão “muito ligados à extrema-direita”.

Espanha e Portugal estão muito mais próximos na forma como festejam e choram as prestações das respetivas seleções. Begoña Iñiguez salienta que a La Roja é um importante fator “de união em Espanha”, um país com várias “nações”. A correspondente em Lisboa da Cadena Cope compara Vicente del Bosque a Scolari na forma como conseguiram atrair o apoio das populações. Begoña Iñiguez está pessimista em relação ao resultado do Portugal – Espanha depois da confusão em torno de Julen Lopetegui, que acabou substituído por Fernando Hierro. A “noticia caiu como uma bomba” em Espanha.

A esta hora e neste dia só podemos desejar que o Luca festeje e muito durante um mês inteiro. Seria muito bom sinal.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.