O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
O Mundo em Três Dimensões
Números que contam histórias. De segunda a sexta às 05h40, 14h30 e 21h10 com reposição ao fim-de-semana.
A+ / A-
Arquivo
O Mundo em Três Dimensões - Canhotos - 17/01/2018
O Mundo em Três Dimensões - Canhotos - 17/01/2018
O Mundo em Três Dimensões

11% da população escreve como Barack Obama ou Bart Simpson

17 jan, 2018 • André Rodrigues , Paulo Teixeira (sonorização)


Se sentar nove pessoas à sua volta, haverá uma que faz tudo com a mão esquerda. Antigamente, canhoto era sinónimo de desajeitado. O tempo e o interesse da ciência no assunto trouxe, contudo, outras leituras: os esquerdinos têm mais jeito para as artes, para a música e até para a matemática.

Direita ou esquerda? Qual é a mão que usa para escrever?

Provavelmente é algo com que não perde muito tempo a pensar, de tão automático que é pegar na caneta e tomar notas no papel.

Só que há estudiosos do comportamento humano que se debruçaram sobre o tema e concluiram que 11% das pessoas são canhotas. Ou seja, uma em cada nove pessoas é esquerdina.

Aliás, a investigação dos especialistas em neurociências da Universidade de Wellington, na Nova Zelândia, revela outras curiosidades: a mão esquerda é mais comum nos homens do que nas mulheres. E na comparação com a população em geral, também parece ocorrer com mais frequencia em irmãos gémeos.

Sabia que, estatisticamente, o gémeo idêntico de um canhoto tem 76% de hipóteses de ser canhoto?

E que há mais canhotos, no Sudeste Asiático e no Leste Europeu do que na Europa ou em África?

Mas não é tudo: quanto mais velhos, menos canhotos. E isso até faz um certo sentido. Quem não se lembra de ouvir a mãe ou a avó dizer que quando foi contrariada na escola quando a professora percebeu que usava a mão esquerda para escrever?

Antigamente, ser canhoto era o mesmo que ser desajeitado.

Só que o tempo e o interesse da ciência no tema trouxe outras leituras. Ou, pelo menos, persiste uma certa ideia de que os canhotos têm mais jeito para as artes, para a música e até para a matemática.

Os números demonstram que as pessoas mais velhas tendem a ser menos canhotas do que os mais jovens.

Por exemplo, nos Estados Unidos, 12% da população com 20 anos é esquerdina, a percentagem desce para os 5% na faixa dos 50 anos. E para menos de 1% na população com 80 e mais anos.

Ser canhoto é uma condição diferente da maioria.

Mas olhe que há muita gente conhecida que pode até partilhar essa característica consigo: Barack Obama, o principe William, Pelé, Oprah Winfrey, Julia Roberts, Paul McCartney, Angelina Jolie ou Bart Simpson.

Sim, Bart Simpson: se reparar, no genérico da série da família amarela criada por Matt Groening, o filho rebelde escreve no quadro de giz com a mão esquerda.

E porquê? A explicação mais provável será o facto de o próprio Matt Groening ser canhoto.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.