Tópico:

rita valadas


  • Rita Valadas: Precisamos de “ousadia” para responder à pobreza

    Rita Valadas: Precisamos de “ousadia” para responder à pobreza

    01 jun, 2024 - 16:15

    A presidente da Cáritas Portuguesa defendeu este sábado a necessidade de um trabalho cada vez mais em rede para responder aos números da pobreza.
  • Empresário envergonhado com salário mínimo. Portugal tem "problema de distribuição de riqueza"

    Pobreza em Portugal

    Empresário envergonhado com salário mínimo. Portugal tem "problema de distribuição de riqueza"

    27 fev, 2024 - 19:30

    Pedro Fraga, da Confederação Empresarial de Portugal, diz ter vergonha de ser empresário num país que paga 820 euros de salário mínimo. Num debate sobre pobreza e exclusão organizado pela Cáritas portuguesa, o empresário lamentou a carga fiscal sobre os trabalhadores e pediu que o Estado respeite as empresas.
  • Empresário envergonhado com salário mínimo. Portugal tem "problema de distribuição de riqueza"

    Pobreza em Portugal

    Empresário envergonhado com salário mínimo. Portugal tem "problema de distribuição de riqueza"

    27 fev, 2024 - 19:30

    Pedro Fraga, da Confederação Empresarial de Portugal, diz ter vergonha de ser empresário num país que paga 820 euros de salário mínimo. Num debate sobre pobreza e exclusão organizado pela Cáritas portuguesa, o empresário lamentou a carga fiscal sobre os trabalhadores e pediu que o Estado respeite as empresas.
  • Pessoas sem-abrigo. "Agora temos famílias na rua e crianças desacompanhadas"

    Entrevista Rita Valadas

    Pessoas sem-abrigo. "Agora temos famílias na rua e crianças desacompanhadas"

    20 dez, 2023 - 06:00

    Presidente da Cáritas Portuguesa diz que é urgente combater a “desesperança” que se sente no país, quando ter trabalho já não garante que se escape à pobreza. Entre as mais de 120 mil pessoas que a instituição católica apoia, há cada vez mais migrantes. Para Rita Valadas, a revisão em baixa da inflação e a manutenção das taxas de juro são “boas notícias”, mas vão levar tempo a traduzir-se na vida real das pessoas. Lamenta que o IVA zero não tenha protegido os mais vulneráveis, com a subida constante dos preços a obrigar muitas famílias a cortar nos cabazes alimentares.
  • Pacote da Habitação. “Temo não haver consequências”, diz presidente da Cáritas

    Entrevista Renascença/Ecclesia

    Pacote da Habitação. “Temo não haver consequências”, diz presidente da Cáritas

    05 mar, 2023 - 09:07

    A presidente da Cáritas adverte que "não estamos a conseguir sair da emergência". Em entrevista à Renascença e à Agência Ecclesia, Rita Valadas critica a permanente adoção de medidas pontuais para enfrentar os problemas. "Falta a referência estrutural, diz. "O dia em que as pessoas pedem para comer é o pior dia da sua vida", lembra ainda Rita Valadas.
  • Pacote da Habitação. “Temo não haver consequências”, diz presidente da Cáritas

    Entrevista Renascença/Ecclesia

    Pacote da Habitação. “Temo não haver consequências”, diz presidente da Cáritas

    05 mar, 2023 - 09:07

    A presidente da Cáritas adverte que "não estamos a conseguir sair da emergência". Em entrevista à Renascença e à Agência Ecclesia, Rita Valadas critica a permanente adoção de medidas pontuais para enfrentar os problemas. "Falta a referência estrutural, diz. "O dia em que as pessoas pedem para comer é o pior dia da sua vida", lembra ainda Rita Valadas.
  • Pacote da Habitação. “Temo não haver consequências”, diz presidente da Cáritas

    Entrevista Renascença/Ecclesia

    Pacote da Habitação. “Temo não haver consequências”, diz presidente da Cáritas

    05 mar, 2023 - 09:07

    A presidente da Cáritas adverte que "não estamos a conseguir sair da emergência". Em entrevista à Renascença e à Agência Ecclesia, Rita Valadas critica a permanente adoção de medidas pontuais para enfrentar os problemas. "Falta a referência estrutural, diz. "O dia em que as pessoas pedem para comer é o pior dia da sua vida", lembra ainda Rita Valadas.
  • Ajudas do Estado insuficientes e pagas com atrasos, denuncia a Cáritas

    Ajudas do Estado insuficientes e pagas com atrasos, denuncia a Cáritas

    29 nov, 2022 - 15:24

    À Renascença Rita Valadas diz que a demora nos pagamentos acordados está a pôr em risco a resposta às situações de emergência, e que é preciso rever os protocolos, se for preciso “caso a caso”, porque estão “desfasados” da realidade.
  • "É o momento do reforço da importância da rede informal"

    Cáritas Portuguesa

    "É o momento do reforço da importância da rede informal"

    26 mai, 2022 - 10:08

    Rita Valadas salienta que, seja qual for a crise, "a rede informal está lá" e "deve ser acarinhada". Responsável da Cáritas dá as boas-vindas ao olhar dos jovens e salienta a transversalidade do problema da saúde mental. Aumento dos rendimentos pode ajudar a interromper "ciclos viciosos".
  • Rita Valadas "Somos um país fantástico no que diz respeito à solidariedade".

    Turno da Tarde

    Rita Valadas "Somos um país fantástico no que diz respeito à solidariedade".

    17 mar, 2022 - 17:19

    Estamos na Semana Nacional da Cáritas e está a decorrer o peditório nacional e com o objectivo único de ajudar quem mais precisa no nosso país (seja ou não português). A guerra na Ucrânia lançou milhões de pessoas para situações de sofrimento e necessidade e a Caritas Internationalis lançou um apelo de emergência para ajudar a sustentar o trabalho das duas organizações Cáritas ucranianas - Cáritas Ucrânia e Cáritas-Spes. A verba angariada pela campanha "Cáritas Ajuda Ucrânia" tem como objetivo reforçar a capacidade de resposta da Cáritas na Ucrânia, nos países fronteiriços e o eventual acolhimento a famílias deslocadas em Portugal. Rita Valadas, presidente da Cáritas Portuguesa, já alertou para uma "descoordenação" que pode existir pela "avalanche solidária" de resposta à Guerra. O objetivo é que a ajuda seja feita de forma organizada, tanto ao nível das doações como do acolhimento. Aconselha-se a que apenas se façam iniciativas de recolha de bens que tiverem alguém em concreto para os receber. De acordo com as indicações recebidas pela Ucrânia, são prefeveríveis os donativos em dinheiro, em vez de géneros. As doações financeiras à Cáritas podem ser feitas através de transferência bancária, de multibanco ou de MBWay. As informações estão todas no site da Cáritas: https://caritas.pt/ucrania/
  • “Crise social ainda não acabou. Não fazemos ideia do que vai acontecer”

    Entrevista a Rita Valadas

    “Crise social ainda não acabou. Não fazemos ideia do que vai acontecer”

    11 mar, 2022 - 08:32

    Presidente da Cáritas admite que a guerra na Ucrânia veio complicar as previsões económicas mais pessimistas e aumentar a incerteza. Mas confia na contribuição dos portugueses no peditório de rua que vai ser feito a partir de domingo, durante a Semana Nacional da Cáritas. Nesta entrevista deixa o apelo: “se puderem, apoiem-nos”.
  • Rita Valadas: “Pandemia complexificou muito a situação social” e tornou difícil atingir “sonho” de Marcelo

    Rita Valadas: “Pandemia complexificou muito a situação social” e tornou difícil atingir “sonho” de Marcelo

    26 dez, 2021 - 17:16

    Rita Valadas, Presidente da Cáritas Portuguesa, admite que o “sonho” de Marcelo – acabar com as pessoas em situação de sem-abrigo - se tornou mais difícil de atingir com a pandemia. Por isso mesmo, as palavras do Presidente da República são de alguém “realista”.
  • “Atirar milhões para cima da mesa esconde, mas não resolve problemas sociais”

    Setor social

    “Atirar milhões para cima da mesa esconde, mas não resolve problemas sociais”

    21 jul, 2021 - 06:30

    A presidente da Cáritas espera que o dinheiro do PRR seja bem aplicado em medidas concretas de combate à pobreza, que tenham em conta o país real. Para Rita Valadas, os apoios dados pelo Governo na pandemia “almofadaram” o impacto da crise, mas não a evitaram, e “o pior ainda não chegou”.
  • “Atirar milhões para cima da mesa esconde, mas não resolve problemas sociais”

    Setor social

    “Atirar milhões para cima da mesa esconde, mas não resolve problemas sociais”

    21 jul, 2021 - 06:30

    A presidente da Cáritas espera que o dinheiro do PRR seja bem aplicado em medidas concretas de combate à pobreza, que tenham em conta o país real. Para Rita Valadas, os apoios dados pelo Governo na pandemia “almofadaram” o impacto da crise, mas não a evitaram, e “o pior ainda não chegou”.