|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

Tópico:
reportagem covid-19

  • A queda do fornecimento a restaurantes levou Adérito a tapar a crise com máscaras

    Empresas que nasceram do confinamento

    A queda do fornecimento a restaurantes levou Adérito a tapar a crise com máscaras

    22 set, 2020 - 08:10

    Março marcou o início da pandemia de Covid-19, em Portugal, e uma pequena revolução na vida de Adérito Ribeiro. Aos 45 anos, o vírus obrigou-o a adaptar-se rapidamente. Tinha uma empresa ligada ao ramo alimentar, com a qual fazia distribuição maioritariamente para o setor da restauração, que fechou por completo nos dias a seguir ao primeiro caso de infeção pelo novo coronavírus. A iminência de ficar sem clientes nem sequer lhe bateu à porta, entrou adentro pela vida deste empresário.
  • A queda do fornecimento a restaurantes levou Adérito a tapar a crise com máscaras

    Empresas que nasceram do confinamento

    A queda do fornecimento a restaurantes levou Adérito a tapar a crise com máscaras

    22 set, 2020 - 08:00

    Março marcou o início da pandemia de Covid-19, em Portugal, e uma pequena revolução na vida de Adérito Ribeiro. Aos 45 anos, o vírus obrigou-o a adaptar-se rapidamente. Tinha uma empresa ligada ao ramo alimentar, com a qual fazia distribuição maioritariamente para o setor da restauração, que fechou por completo nos dias a seguir ao primeiro caso de infeção pelo novo coronavírus. A iminência de ficar sem clientes nem sequer lhe bateu à porta, entrou adentro pela vida deste empresário.
  • Criar uma agência de viagens em plena pandemia? Nuno e Isabel acreditam que é o ideal

    Criar uma agência de viagens em plena pandemia? Nuno e Isabel acreditam que é o ideal

    21 set, 2020 - 10:49

    Quando o mundo parou por causa da pandemia de Covid-19, um casal de Espinho achou que era altura de avançar. As fronteiras estavam fechadas e a mobilidade era (quase) nenhuma, mas estes empreendedores quiseram dar corpo a uma ideia de viajar que, acreditam, se adequa aos novos tempos. Durante esta semana, a Renascença publica um conjunto de histórias de empresas que nasceram entre 19 de março a 2 de maio, período em que o Governo decretou o confinamento do país.
  • Criar uma agência de viagens em plena pandemia? Nuno e Isabel acreditam que é o ideal

    Empresas que nasceram do confinamento

    Criar uma agência de viagens em plena pandemia? Nuno e Isabel acreditam que é o ideal

    21 set, 2020 - 08:05

    Quando o mundo parou por causa da pandemia de Covid-19, um casal de Espinho achou que era altura de avançar. As fronteiras estavam fechadas e a mobilidade era (quase) nenhuma, mas estes empreendedores quiseram dar corpo a uma ideia de viajar que, acreditam, se adequa aos novos tempos. Durante esta semana, a Renascença publica um conjunto de histórias de empresas que nasceram entre 19 de março a 2 de maio, período em que o Governo decretou o confinamento do país.
  • "Quando olho para as regras da DGS, é como se estivéssemos numa escola de há 200 anos"

    Covid-19

    "Quando olho para as regras da DGS, é como se estivéssemos numa escola de há 200 anos"

    14 set, 2020 - 07:00

    O confinamento empurrou cerca de 80% das crianças para o sedentarismo, adianta Carlos Neto, professor da Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa. Em entrevista à Renascença, a propósito do regresso às aulas, defende que a pandemia de Covid-19 representa uma boa oportunidade para "mudar a escola" e adaptá-la a uma nova era. "Não podemos continuar a ter uma escola para ensinar as pessoas para o tempo de hoje ou de ontem. Temos de preparar as novas gerações para um tempo que vai ser de grande mudança."
  • Espaços de um metro entre alunos nas salas? "Não vão ser respeitados. Não vão, não"

    Regresso às aulas

    Espaços de um metro entre alunos nas salas? "Não vão ser respeitados. Não vão, não"

    11 set, 2020 - 08:02

    O presidente de um dos maiores agrupamentos de escolas do país, na Amadora, com 3.100 alunos, garante à Renascença que dentro das salas de aula não vai ser possível cumprir o distanciamento social. O responsável preferia turmas divididas entre casa e o ensino presencial para retirar pressão às escolas. Nesta reportagem, a Renascença revela as principais dificuldades em cumprir as regras de combate à Covid-19 nas escolas, a poucos dias do regresso às aulas
  • “Coronacéticos” agitam debate. Das “ideias perigosas baseadas no medo" ao “excesso de informação”

    Covid-19

    “Coronacéticos” agitam debate. Das “ideias perigosas baseadas no medo" ao “excesso de informação”

    08 set, 2020 - 10:55

    Um pouco por toda a Europa, incluíndo Portugal, multiplicam-se protestos contra as medidas impostas pela pandemia da Covid-19. O movimento, que ergue a bandeira da liberdade, exige o fim do uso obrigatório de máscaras, a opção de escolha em relação à vacinação, entre outras reivindicações. Também conhecidos como “coronacéticos”, estes grupos baseiam-se, muitas vezes, em teorias da conspiração e informações falsas com origem na internet. “Isto dá uma saída às pessoas, porque dá um significado ao esforço que está a ser feito. As pessoas estão cansadas”, justifica o bastonário dos Psicólogos à Renascença. Para Teresa Leão, médica de saúde pública, “o medo de ficar de novo confinado e o peso que isto teve para a saúde mental das pessoas associa-se a este movimento”.
  • Covid-19 em Portugal. Lições da pandemia, seis meses depois do primeiro caso

    Covid-19 em Portugal. Lições da pandemia, seis meses depois do primeiro caso

    02 set, 2020 - 08:00

    Do triunfo da ciência à exposição de problemas estruturais do país. Em seis meses de pandemia ainda são menos as respostas que as perguntas, mas há lições importantes a tirar. Em entrevista à Renascença, Manuel Carmo Gomes, um dos especialistas ouvidos regularmente nos encontros do Infarmed, defende a testagem semanal dos profissionais na linha da frente e deixa um alerta - baixar as exigências de licenciamento da vacina, devido a pressões políticas, terá um efeito desastroso.
  • Surto em Reguengos de Monsaraz. A fronteira da esperança

    ​Reportagem

    Surto em Reguengos de Monsaraz. A fronteira da esperança

    13 jul, 2020 - 15:05

    Se pela raia espanhola nem todos partilham da iniciativa dos alcaides de pedir o fecho da fronteira, do lado português a notícia chegou com surpresa. O autarca de Reguengos não alinha em discursos catastrofistas, apesar do impacto da Covid-19 no concelho, e numa olaria de S. Pedro do Corva há gente que resiste e não baixa os braços.
  • “O pânico é tentar responder a tudo, mas na medida do possível ninguém passa fome”

    Covid-19 em Sintra

    “O pânico é tentar responder a tudo, mas na medida do possível ninguém passa fome”

    29 jun, 2020 - 07:00

    Rio de Mouro é uma das freguesias do concelho de Sintra que mantém a situação de calamidade e dever cívico de recolhimento devido ao número de casos de Covid-19. O presidente da junta, que desde o início da pandemia reformulou todos os serviços para ajudar a população, recusa a ideia de surto generalizado na freguesia.