Tempo
|
Tópico:

postais de quarentena


  • Como o mundo está a viver a pandemia

    Postais de Quarentena

    Como o mundo está a viver a pandemia

    26 set, 2020 - 17:59

    A Pandemia está a afetar todos os países do globo, mas cada um a vive à sua maneira e com as suas especificidades. Os Postais de Quarentena que vão chegando à Renascença são janelas abertas para diferentes realidades do mundo.
  • “E se eu morresse, quem tomaria conta das minhas bebés?”

    Postal de Quarentena de Aden

    “E se eu morresse, quem tomaria conta das minhas bebés?”

    26 nov, 2020 - 06:50

    Seis anos depois de ter sido destruída na guerra do Iémen, a cidade de Aden continua a tentar recuperar. A pandemia parecia ser apenas mais um obstáculo e quando a população se apercebeu da gravidade era tarde de mais.
  • Geórgia. Do bom exemplo à pandemia importada por negligência

    Postal de Quarentena de Tbilisi

    Geórgia. Do bom exemplo à pandemia importada por negligência

    24 nov, 2020 - 06:33

    A pandemia chegou em força à Geórgia no verão, mais por culpa própria do que por fatores externos, argumenta este inglês que vive no país há sete anos. Mas se alguém consegue ultrapassar isto, conclui, são os georgianos que já passaram por crises mais graves no passado recente.
  • “Morrem pessoas todos os dias de tantas doenças, esta é só mais uma”

    Postal de Quarentena de Malakal

    “Morrem pessoas todos os dias de tantas doenças, esta é só mais uma”

    19 nov, 2020 - 02:20

    A longa e penosa guerra civil do Sudão do Sul acabou em finais de 2019, mesmo a tempo de o país destroçado levar com uma pandemia. O povo reagiu com resignação e tenta fazer pela vida, numa sociedade em que o confinamento simplesmente não é opção.
  • “Depois, em fevereiro, as luzes do vulcão apagaram-se”

    Postal de Quarentena de San Salvador

    “Depois, em fevereiro, as luzes do vulcão apagaram-se”

    17 nov, 2020 - 06:32

    O El Salvador tem cerca de 6,5 milhões de pessoas e já registou pouco mais de mil mortos e mais de 36 mil casos positivos de Covid-19. Um professor de matemática explica como muitos já se habituaram ao novo normal, mas o custo social, económico e de saúde mental tem sido enorme.
  • “Um vírus pôs o mundo de joelhos. Quem teria imaginado?”

    Postal de Quarentena de Bucareste

    “Um vírus pôs o mundo de joelhos. Quem teria imaginado?”

    12 nov, 2020 - 06:50

    Com uma população ligeiramente abaixo dos 20 milhões, a Roménia já registou mais de oito mil mortos e perto de 325 mil casos. Neste postal um sacerdote católico em Bucareste sublinha a forma como a pandemia nos obrigou a pensar na nossa vulnerabilidade e critica os céticos que menosprezam a gravidade do problema.
  • A pandemia que ameaça a “costa sorridente de África”

    Postal de Quarentena de Cape Point

    A pandemia que ameaça a “costa sorridente de África”

    10 nov, 2020 - 06:36

    Ensanduichada pelo Senegal e o Oceano Atlântico, a Gâmbia tem um número tão baixo de casos positivos e mortes por Covid que muitos estrangeiros preferem passar lá a “segunda vaga” do que arriscar ficar nos países ocidentais.
  • Uma pandemia onde as vagas não têm fim

    Postal de Quarentena do Mar

    Uma pandemia onde as vagas não têm fim

    05 nov, 2020 - 07:00

    O Andrew e a Leslie Godfrey estavam a dar a volta ao mundo num veleiro quando viram os seus planos postos em causa pela pandemia. Foram acolhidos nas Maldivas e, depois, nas Seicheles enquanto ouviam, preocupados, histórias de outros marinheiros que não tiveram tanta sorte.
  • A Covid-19 na ilha das mil tribos

    Postal de Quarentena de Port Moresby

    A Covid-19 na ilha das mil tribos

    03 nov, 2020 - 06:15

    A Papua Nova Guiné já registou 589 casos de coronavírus, o que dá menos de um caso por cada língua falada nesta ilha de cerca de 10 milhões de pessoas.
  • “Em Macau ninguém percebe porque continuamos fechados”

    Postal de Quarentena de Macau

    “Em Macau ninguém percebe porque continuamos fechados”

    29 out, 2020 - 06:31

    Macau teve apenas 46 casos e zero mortes e não tem uma nova infeção há mais de nove meses. Ainda assim as fronteiras estão fechadas e começa-se a temer que a pandemia sirva de desculpa para enterrar as liberdades garantidas pela Lei Básica.
  • Depois do Estado Islâmico, os yazidis vivem agora com medo da Covid

    Postal de Quarentena de Sinjar

    Depois do Estado Islâmico, os yazidis vivem agora com medo da Covid

    27 out, 2020 - 06:35

    Poucas comunidades sofreram tanto na pele os horrores do Estado Islâmico do que os yazidis. De etnia curda e praticantes de uma religião ancestral, foram massacrados sem piedade e viram as mulheres raptadas para serem escravas sexuais. A comunidade ainda tenta recuperar e agora tem outro inimigo à perna, só que este é invisível.