Tempo
|
Tópico:

paulo rangel


  • Ucrânia: Rangel quer Portugal “na linha da frente” de defesa de estatuto de candidato à UE

    Ucrânia: Rangel quer Portugal “na linha da frente” de defesa de estatuto de candidato à UE

    21 abr, 2022 - 18:51

    Em declarações aos jornalistas na Assembleia da República, no final de uma reunião entre o grupo parlamentar do PSD e três dos eurodeputados sociais-democratas, Paulo Rangel considerou que é necessária “alguma prudência” quanto à adesão da Ucrânia à União Europeia.
  • Uma outra guerra europeia, entre a coragem e a energia

    Euranet

    Uma outra guerra europeia, entre a coragem e a energia

    01 abr, 2022 - 21:43

    Paulo Rangel e Jorge Vasconcelos analisam as opções da Europa no plano energético e das relações com a China, no contexto da guerra na Ucrânia.
  • Paulo Rangel. "Tenho defendido avançar com embargo ao petróleo e gás russo."

    As Três da Manhã

    Paulo Rangel. "Tenho defendido avançar com embargo ao petróleo e gás russo."

    22 mar, 2022 - 14:19

    De acordo com o eurodeputado do PSD os grandes Especialistas da área da energia estão divididos e, contrariando o que dizem o governo alemão e a Comissão Europeia, defendem que um embargo total teria efeitos negativos mas não seria uma disrupção. Paulo Ranger foi convidado d'As Três da Manhã na emissão especial em direto do Parlamento Europeu.
  • Paulo Rangel. "Tenho um lado infantil. É que adoro batatas fritas".

    As Três da Manhã

    Paulo Rangel. "Tenho um lado infantil. É que adoro batatas fritas".

    22 mar, 2022 - 11:29

    Paulo Rangel não se recorda de ter ou não comido papa maizena para crescer em mais um "Desculpa, mas vais ter de perguntar".
  • Entrevista a Paulo Rangel

    Hora da Verdade

    Entrevista a Paulo Rangel

    17 mar, 2022 - 19:04

    O eurodeputado social-democrata Paulo Rangel foi o convidado desta semana do programa Hora da Verdade, da Renascença e do jornal Público.
  • “Vamos ter que fazer sacrifícios”, alerta Paulo Rangel

    Hora da Verdade

    “Vamos ter que fazer sacrifícios”, alerta Paulo Rangel

    17 mar, 2022 - 07:10

    Paulo Rangel pede ao Governo que explique com transparência o que aí vem. O eurodeputado defendeu, em entrevista à Renascença e ao jornal Público, que é preciso que os portugueses saibam que há sacrifícios que lhes vão ser pedidos e que vai mesmo existir privação de bens essenciais.
  • Rangel recusa falta de quadros no PSD

    Rangel recusa falta de quadros no PSD

    17 mar, 2022 - 07:08

    Paulo Rangel, 54 anos, perdeu contra Rui Rio em Novembro passado, mas acredita que o resultado do PSD nas legislativas de Janeiro “seria diferente” se nessa altura tivesse ganho a corrida. Não se pronuncia sobre “proto-candidatos” à liderança nem sobre se gostaria de cumprir mais um mandato – o quarto – no Parlamento Europeu. E recusa que o partido entre numa "renovação ideológica", colocando os social-democratas no centro-direita, "ponto final".
  • Paulo Rangel. “Este não é o momento para ser candidato”

    Hora da Verdade

    Paulo Rangel. “Este não é o momento para ser candidato”

    17 mar, 2022 - 07:05

    O eurodeputado mostra-se disponível para colaborar com a próxima liderança do PSD, mas exclui-se da corrida à sucessão de Rui Rio. Em entrevista ao programa Hora da Verdade da Renascença e do jornal Público, Paulo Rangel admite que o trabalho de reconstrução do partido é “difícil”.
  • Paulo Rangel diz que “este não é o momento para ser candidato”

    Hora da Verdade

    Paulo Rangel diz que “este não é o momento para ser candidato”

    17 mar, 2022 - 07:05

    O eurodeputado mostra-se disponível para colaborar com a próxima liderança do PSD, mas exclui-se da corrida à sucessão de Rui Rio. Em entrevista ao programa Hora da Verdade da Renascença e do jornal Público, Paulo Rangel admite que o trabalho de reconstrução do partido é “difícil”.
  • Paulo Rangel. “O ministro Santos Silva tem estado impecável”

    Hora da Verdade

    Paulo Rangel. “O ministro Santos Silva tem estado impecável”

    17 mar, 2022 - 07:00

    Eurodeputado do PSD elogia o ministro dos Negócios Estrangeiros pela "assunção de responsabilidades" de Portugal perante a NATO e a União Europeia, na sequência da guerra na Ucrânia, mas arrasa o governo pela gestão interna dos efeitos do conflito, exigindo que se explique aos portugueses que vai ser preciso "fazer alguns sacrifícios".