Tempo
|
A+ / A-

Coronavírus. França dá aumento médio de 183 euros a enfermeiros e cuidadores

13 jul, 2020 - 21:51 • Redação

Os médicos do público também vão receber bónus para que não fujam para o privado.

A+ / A-

Veja também:


O Governo francês confirma que os profissionais de saúde vão ter aumentos salariais.

A medida foi anunciada esta segunda-feira pelo novo primeiro-ministro francês. Jean Castex referiu que este aumento “representa o reconhecimento perante todos aqueles que lutaram contra a epidemia”.

As negociações duraram sete semanas.

O investimento é superior a 8 mil milhões de euros e, em média, representa um aumento de 183 euros para enfermeiros e cuidadores.

Os médicos que trabalham apenas no setor público vão beneficiar de um investimento de cerca de 450 milhões de euros. A ideia é tentar travar o êxodo para o privado.

A pandemia do novo coronavírus já matou pelo menos 569.879 pessoas e infetou quase 13 milhões em todo o mundo desde dezembro, segundo um balanço da agência AFP, às 20h00 desta segunda-feira, baseado em dados oficiais.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.