Tempo
|
Tópico:

nações unidas


  • Diplomatas acusam a Rússia de desprezar Guterres e as Nações Unidas

    Guerra na Ucrânia

    Diplomatas acusam a Rússia de desprezar Guterres e as Nações Unidas

    05 mai, 2022 - 22:28

    Embaixadores de vários países nas Nações Unidas consideram que o ataque a Kiev, enquanto Guterres estava reunido com Zelenskiy, foi "chocante" e "vergonhoso".
  • Para que serve a ONU no mundo de hoje?

    Da Capa à Contracapa

    Para que serve a ONU no mundo de hoje?

    03 mai, 2022 - 22:27

    O mundo assiste a uma guerra em que um dos beligerantes é membro permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas, com poder de veto sobre sanções e decisões globais em torno da guerra da paz. O Secretário-Geral da ONU disse na última semana em Kiev que o Conselho de Segurança “falhou” e confessa não ter “ilusões” sobre a possivel reforma deste organismo da ONU. Para que servem então as Nações Unidas na resolução da Guerra e na conquista da paz? Está a ONU remetida ao campo humanitário e sem poder para prevenir ou solucionar conflitos? Ou está a ser criticada sem razão nesta e noutras guerras?
  • Dia Mundial da Liberdade de Imprensa assinalado em contexto de guerra

    Dia Mundial da Liberdade de Imprensa assinalado em contexto de guerra

    03 mai, 2022 - 04:15

    O papel dos jornalistas que estão a cobrir o conflito na Ucrânia vai estar em destaque, a partir desta terça-feira, numa conferência mundial.
  • Guterres pede aos países mais ricos que invistam em África após pandemia e guerra

    ONU

    Guterres pede aos países mais ricos que invistam em África após pandemia e guerra

    02 mai, 2022 - 18:52

    Secretário-geral das Nações Unidas considera que os problemas de segurança alimentar de África não serão resolvidos sem "reintegrar a produção agrícola da Ucrânia e a produção de alimentos e fertilizantes da Rússia e da Bielorrússia nos mercados mundiais".
  • ONU. Mais de 3.000 civis já morreram desde o início da guerra na Ucrânia

    Guerra na Ucrânia

    ONU. Mais de 3.000 civis já morreram desde o início da guerra na Ucrânia

    02 mai, 2022 - 18:42

    Balanço desta segunda-feira representa um aumento de 254 mortos em relação a sexta-feira. Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos teme que os números aumentem consideravelmente quando houver acesso a cidades cercadas ou a zonas até agora sob intensos combates.
  • Dia 64. "Chocado" com ataque a Kiev, Guterres não desiste da paz. Bruxelas investiga clientes europeus de gás russo

    Diário de Guerra

    Dia 64. "Chocado" com ataque a Kiev, Guterres não desiste da paz. Bruxelas investiga clientes europeus de gás russo

    28 abr, 2022 - 20:30

    Presidente da Ucrânia disse estar pronto para iniciar "negociações de imediato" para garantir a retirada de civis de Azovstal, mas denunciou "a deportação ilegal de cidadãos ucranianos para a Rússia". No entanto, a abertura do corredor humanitário de Mariupol a Zaporíjia pode, afinal, não acontecer esta sexta-feira, tal como apelou o secretário-geral da ONU. António Guterres diz, contudo, que “os trabalhos continuam” e que “há intensas discussões”. A operação é “extremamente complicada” porque os civis “vão ter de atravessar uma das linhas de confronto que neste momento existe”.
  • Nações Unidas confirmam 2.787 civis mortos e 3.152 feridos na Ucrânia

    Guerra na Ucrânia

    Nações Unidas confirmam 2.787 civis mortos e 3.152 feridos na Ucrânia

    27 abr, 2022 - 19:19

    Organização teme que os números reais sejam muito superiores.
  • Guterres quer iniciar evacuação em Mariupol na sexta-feira

    Guterres quer iniciar evacuação em Mariupol na sexta-feira

    27 abr, 2022 - 17:20

    Questionado pela Renascença, à chegada a Kiev, se Rússia está disponível para uma mediação política da ONU, secretário-geral das Nações Unidas responde que "não houve aceitação". António Guterres rejeita críticas de inação e destaca "intervenção permanente da ONU".
  • Ucrânia. Nações Unidas nomeiam juiz norueguês para investigar violações de direitos humanos

    Ucrânia. Nações Unidas nomeiam juiz norueguês para investigar violações de direitos humanos

    30 mar, 2022 - 23:09

    Erik Mose integrou vários tribunais internacionais, para liderar uma investigação sobre violações dos direitos humanos na Ucrânia desde o início da invasão russa.
  • Nações Unidas confirmam que, em 20 dias de guerra, morreram 726 civis

    Guerra na Ucrânia

    Nações Unidas confirmam que, em 20 dias de guerra, morreram 726 civis

    16 mar, 2022 - 20:46

    Entre as vítimas, há pelo menos 104 mulheres e 52 crianças, ao passo que no balanço de feridos foram contabilizadas pelo menos 77 mulheres e 63 menores de idade, segundo os números diariamente atualizados pelo organismo dirigido por Michelle Bachelet.