RR
|

Nuno Crato

Matemática e Português mudam no próximo ano

31 jan, 2012 • Raquel Abecasis

Ministro da Educação, em entrevista à Renascença, acredita que vai conseguir cumprir as metas orçamentais.

Matemática e Português mudam no próximo ano

O ministro da Educação anuncia, em entrevista ao programa “Terça à Noite” da Renascença, que está a trabalhar para que “já no próximo ano lectivo haja metas curriculares mais bem organizadas a Português e a Matemática”.

Segundo Nuno Crato, num futuro próximo o mesmo deverá ser feito com os programas das outras disciplinas.

“Estamos a constituir um grupo que vai fazer uma depuração dos programas. Vai olhar para o que é essencial dos programas, vai organizar o que é essencial dos programas de forma hierarquizada expressando ano a ano o que os alunos devem saber e em que níveis devem dominar as matérias.”

No dia em que terminou a discussão pública sobre o projecto de revisão curricular, Nuno Crato mostrou-se muito satisfeito com as mais de mil propostas recebidas e manifestou-se convicto de que “vamos caminhar para algo que é uma espécie da nossa proposta inicial melhorada”, mas garantiu no entanto não estar neste debate “numa posição de finca-pé”.

Já quanto ao suporte científico que está a conduzir as mudanças propostas, o ministro da Educação frisou que “é preciso distinguir o que são estudos com motivação ideológica e o que são estudos científicos que nada têm de ideológico”.

Sobre a possibilidade de o Ministério da Educação poder contribuir para uma derrapagem orçamental em 2012, Nuno Crato garantiu que “essa é uma preocupação comum a todo o Governo”, mas mostrou-se certo de que o Executivo vai conseguir cumprir as metas.