O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
Gripe A

França vende vacinas contra gripe A que sobraram

03 Jan, 2010

Gripe A   França coloca à venda vacinas contra gripe A que sobraram  A França pôs à venda a outros países vacinas contra a Gripe A H1N1, após ter constatado que as doses que tem em stock são demais em relação às necessidades do país, segundo a imprensa local.  
A venda das doses, que se faz através das embaixadas francesas no mundo, tem como objectivo recuperar algum do dinheiro investido para combater a epidemia.

O Ministério da Saúde francês decidiu esta medida depois de constatar que uma dose da vacina era suficiente e não as duas inicialmente recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

A França adquiriu um Julho passado 94 milhões de doses, parte das quais pretende agora vender a preço de compra.

Segundo o jornal “Le Parisien”, a França assinou já acordos de venda com o Qatar e com o Egipto e está a negociar com a Ucrânia e com o México.

As vendas não incluem os 9,4 milhões de doses que o Presidente Nicolas Sarkozy prometeu dar aos países mais pobres.