|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

Papa celebrou festa de Santo Inácio com os jesuítas

31 jul, 2013

Francisco insiste que a sua espiritualidade e forma de pensar são tipicamente jesuítas.

Papa celebrou festa de Santo Inácio com os jesuítas
O Papa celebrou esta manhã a festa de santo Inácio de Loyola com os jesuítas. A celebração, privada, decorreu na Igreja de Jesus, no centro histórico de Roma, com o responsável máximo da Companhia de Jesus, padre Adolfo Nicolás.

No Domingo, durante a viagem de regresso a Roma, o Papa anunciou que iria assinalar a festa litúrgica do santo fundador da Companhia de Jesus, onde fez a sua profissão religiosa e garantiu aos jornalistas que, apesar de ser Papa, continua a sentir-se jesuíta.

“Os jesuítas fazem um voto para obedecer ao Papa”, disse entre risos, “mas, se o Papa é jesuíta, talvez tenha de fazer um voto para obedecer ao Geral dos jesuítas! Não sei como é que se resolve isto!”

Apesar da escolha do seu nome e da admiração que tem por São Francisco, o Papa insiste que a sua espiritualidade e forma de pensar são claramente jesuítas: “Sinto-me jesuíta na minha espiritualidade, a espiritualidade dos exercícios, que tenho no coração, tanto assim que vou celebrar com os jesuítas a festa de Santo Inácio, direi missa de manhã. Não mudei de espiritualidade: Francisco - franciscano, não! Sinto-me jesuíta e penso como jesuíta. Não hipocritamente, mas penso como jesuíta!”

Para além dos votos de pobreza, castidade e obediência, comuns a todos os religiosos, os jesuítas fazem um quarto voto de “obediência ao Papa”, daí esta explicação de Francisco.

Santo Inácio, fundador da Companhia de Jesus, nasceu em 1491 em Loiola (Espanha) e morreu em Roma, no ano de 1556.