|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

Portugueses rumo ao Brasil para a Jornada Mundial da Juventude

19 jul, 2013 • Joana Costa e Isabel Pacheco

“Tragam amor. Levem amor”, pediu uma habitante do Rio de Janeiro a Lúcia Morgado, uma portuguesa que, depois de Madrid, repete o papel de voluntária no Brasil. Jornada arranca na terça-feira, dia 23.

Aproxima-se a data da Jornada Mundial da Juventude, que este ano vai decorrer na cidade brasileira do Rio de Janeiro. Dezenas de portugueses vão participar no encontro com o Papa.

Numa acção de graças, um grupo de jovens portugueses vai, esta sexta-feira, subir ao cume do monte onde está a estátua do Cristo Redentor, e entregar uma imagem de Nossa Senhora de Fátima, oriunda da Cova da Iria.

A Renascença falou com outros participantes portugueses para saber o espírito com que aguardam a Jornada.

Lúcia Morgado é um dos cerca de 40 voluntários portugueses no evento. “A maioria é do Porto, mas há pessoas de Viseu, Braga, Lisboa, Aveiro…”, conta.

Há uma semana no Rio de Janeiro, refere que “as pessoas estão-nos a receber muito bem, cheias de alegria. Houve uma senhora que me disse ‘tragam amor, levem amor’”.

Engenheira de Coimbra e repetente na iniciativa, destaca a cultura como principal diferença face à Jornada de Madrid, em 2011: “O culto religioso cá é diferente, as pessoas exteriorizam mais, de forma mais alegre”.

Quanto às expectativas, “agigantam-se com o aproximar do evento”. A de se encontrar pela primeira vez o Papa Francisco “supera todas as outras” de Lúcia.

A expectativa de Pedro Soares, outro português que vai participar no encontro é encontrar um Papa sem fronteiras.

Pedro e Lúcia juntam-se estar com outros 600 jovens lusos, de várias dioceses do país, no Rio de Janeiro, a partir de dia 23.