|

Governo disponível para estudar alternativas à TSU

22 set, 2012

Conselho de Estado termina oito horas depois com esta garantia. Os conselheiros também ficaram a saber que estão “ultrapassadas todas as dificuldades que poderiam afectar a solidez da coligação.

Governo disponível para estudar alternativas à TSU

O Governo “está disponível para estudar, em sede de concertação social, as alternativas à Taxa Social Única” (TSU), confirma o comunicado final do Conselho de Estado.

No final de uma reunião de quase oito horas, o secretário do Conselho de Estado, Abílio Morgado, leu um comunicado de sete pontos onde fica assumida a disponibilidade do Executivo em alterar a TSU.

O Conselho de Estado adianta ainda que foi informado de que estão “ultrapassadas todas as dificuldades que poderiam afectar a solidez da coligação governamental”.

Os conselheiros sublinharam também “a importância crucial do diálogo político e social e da procura de consensos de modo a encontrar soluções que, tendo em conta a necessidade de cumprir os compromissos assumidos, garantam equidade e justiça na distribuição dos sacrifícios e a protecção das famílias com mais baixos rendimentos”.

O Presidente da República, Cavaco Silva, esteve reunido com os seus 19 conselheiros e ainda convidou o ministro das Finanças, Vítor Gaspar, que durante uma hora prestou os esclarecimentos necessários.