O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|

Políticos ganham mais do que em 2011

28 ago, 2012

Subida média nos salários de deputados e governantes foi de 81 euros.

Deputados e governantes estão a receber mais por mês do que em 2011, apesar dos cortes de subsídios e de salários aplicados este ano.

As contas feitas e reveladas pelo “Correio da Manhã” apontam para um aumento de 81 euros, entre Abril de 2011 e o mesmo mês deste ano.

O relatório da Direcção-Geral da Administração e Emprego Público, relativo ao primeiro trimestre do ano, mostra que o ganho médio mensal dos representantes do poder legislativo e de órgãos executivos passou de 5.605 euros para 5.686 euros.

O Ministério das Finanças, citado pelo jornal, esclarece que o aumento pode ficar a dever-se a diversos factores, como a atribuição, nos termos da lei, de subsídios de deslocação a membros do Governo que tenham residência a mais de 100 quilómetros do local de trabalho.

O "Correio da Manhã" escreve que, no final do ano, este acréscimo salarial vai equivaler a quase mil euros. Mas não são só os políticos que registam uma subida das médias salariais: os professores do ensino superior politécnico (2,4%) e os polícias (2%) até registam uma variação superior face a 2011.

Os oficiais de Justiça (1,8%) e os professores do ensino universitário (1%) também viram o seu salário mensal médio crescer cerca de 30 euros este ano.