Paulo Morais

"A corrupção é que nos trouxe a austeridade"

09 dez, 2012 • Pedro Mesquita

"Não é justo que neste Natal muita gente não tenha comida em casa porque outros vivem com dinheiro da corrupção que tiraram a toda uma população", diz ainda Paulo Morais.
"A corrupção é que nos trouxe a austeridade"

O vice-presidente da associação cívica Transparência e Integridade considera que "foi a corrupção reiterada ao longo de muitos anos que trouxe o país à situação em que nos encontramos". "A corrupção é que nos trouxe austeridade", reforça Paulo Morais.

"Não é justo que neste Natal muita gente não tenha comida em casa porque, entretanto, outros vivem com dinheiro da corrupção que tiraram a toda uma população. Provavelmente, Isaltino Morais, Duarte Lima, Oliveira e Costa irão passar um Natal quentinhos em casa porque arranjaram dinheiro para comprar essas casas à custa da corrupção", refere Paulo Morais.

O vice-presidente da Transparência e Integridade refere que casos como "a Expo 98, o Euro 2004, o BPN, o BPP, os submarinos" contribuíram para o aumento da dívida pública. "Andando tanta gente a roubar durante tanto tempo, inevitavelmente as contas públicas tinham que chegar a este estado."

A associação cívica organizou um evento na Alfândega do Porto para discutir o tema. Ana Maria Pinto, a cantora lírica que surpreendeu o protocolo no 5 de Outubro durante o discurso de Cavaco Silva, e o quinteto de cordas da orquestra do Norte tocaram "música para acordar".

Ana Maria Pinto, que "acordou" muitos portugueses contra a austeridade no 5 de Outubro, diz que este domingo o objectivo é o mesmo. "É acordar, apelar às consciências, chegar às pessoas, sensibilizá-las para que toda a gente se manifeste."