Vindimas atrasadas até beneficiam qualidade da uva

22 ago, 2012

A um Verão pouco quente junta-se a seca para explicar a colheita tardia, prevista para o período entre 10 e 15 de Setembro.
Vindimas atrasadas até beneficiam qualidade da uva

Há cerca de 11 anos que o Verão no Douro não era tão fresco. Por isso, as vindimas deste ano vão ter um atraso de cerca de 15 dias, mas os vitivinicultores da região até prevêem uma colheita superior à do ano passado.

Ao Verão atipicamente pouco quente junta-se a seca para explicar o adiamento da vindima, mas Fernando Alves, da Associação de Desenvolvimento da Viticultura Duriense (ADVD), diz que em nada vai prejudicar a produção.

“Este atraso gestativo deve-se sobretudo ao facto de ser um ano com uma carga térmica relativamente mais baixa, o que por um lado pode ser fortemente beneficiador de um potencial qualitativo elevado”, explica Fernando Alves. 

“A estimativa que foi apresentada aponta para uma subida relativamente ao ano transacto, sendo que 2011 foi um dos anos mais fracos na produção na região demarcada do Douro”, acrescenta.

As vindimas deste ano devem decorrer entre 10 e 15 de Setembro.