O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.

Utentes ibéricos prometem intensificar luta contra portagens

04 abr, 2012

Comissão de utentes de Portugal e Espanha começou hoje uma recolha de assinaturas contra a cobrança de portagens nas antigas SCUT.  
Utentes ibéricos prometem intensificar luta contra portagens
A Comissão de Utentes Contra as Portagens nas auto-estradas A25, A23 e A24 e a Comisión para la Supresión del Peaje Luso A-25/A-23 (Espanha) prometem endurecer a luta contra a cobrança de portagens nestas auto-estradas se o Governo não recuar na medida.

A intenção foi manifestada esta quarta-feira, em Vilar Formoso, onde elementos das duas comissões promoveram um protesto. Hoje a iniciativa passou por uma recolha de assinaturas, mas de acordo com Francisco Almeida, da Comissão de Utentes de Portugal, se não forem tomadas medidas pelo Executivo, “é provável que, com o aproximar da cimeira ibérica, possam a vir ser marcadas outras acções de protesto de outro carácter”. 

Uma das pessoas presentes nesta recolha de assinaturas foi o autarca de Fuentes de Onoro, província espanhola de Salamanca. Oportunidade para Don Isidoro Alanis defender que “esta é uma questão que afecta a todos por igual, não existem fronteiras”, revelando que, com a introdução das portagens, o comércio do município caiu entre “30 a 40%, dependendo da actividade”.

Um dos manifestantes espanhóis sugere ainda que deveria ser criado um cartão europeu ou internacional que fosse recarregável e mais barato para os utentes.

A comissão de utentes vai continuar a recolher assinaturas junto à fronteira de Vilar Formoso até Sábado.