UWC

Associação manda portugueses para os quatro cantos do mundo

04 fev, 2011

Numa altura em que ainda se fala do choque das civilizações, a missão dos United World Colleges nunca foi tão actual.
Associação manda portugueses para os quatro cantos do mundo
São cerca de 6000, de quase todos os países do mundo, a estudar em 13 colégios diferentes.

Incluem uma mão cheia de portugueses e agora poderão juntar-se mais alguns.

Os alunos dos United World Colleges são escolhidos com base no seu mérito mas também, correspondendo ao sonho do fundador da associação, nas suas capacidades e perfis de liderança e participação nas respectivas comunidades.

O objectivo do alemão Kurt Hahn, que tinha experienciado todos os horrores da Segunda Guerra Mundial, era criar um espaço onde fossem educados, em conjunto, os líderes do futuro, na esperança de que os laços estreitados na escola dessem fruto ao nível da paz internacional.

De um colégio no País de Gales, a organização cresceu, ao ponto de manter agora 13 instituições diferentes, marcando presença na Europa, América do Sul, América do Norte, África e Ásia.

Os colégios oferecem apenas o 11º e 12º ano, com currículos extremamente variados e uma enorme escolha de actividades extra-curriculares.

Em Portugal os UWC são representados por uma associação portuguesa gerida exclusivamente por ex-alunos que trabalham voluntariamente e que todos os anos escolhem os alunos que irão beneficiar das bolsas para o biénio seguinte.

Este ano, para além de bolsas parciais para os colégios da Noruega, Índia, Estados Unidos e Costa Rica, há ainda vagas sem bolsa para o colégio do País de Gales, Suazilândia e Mostar.

Os interessados devem enviar as suas candidaturas até ao dia 15 de Fevereiro, podendo encontrar todas as restantes informações em www.pt.uwc.org ou em www.facebook.com/UWCPortugal.