Há menos pessoas a receber apoios sociais do que em 2013

07 ago, 2014

O Estado está a pagar menos subsídios de desemprego, rendimento social de inserção e abono de família, em comparação com 2013.
O Estado está a pagar menos apoios sociais.

Cerca de 328 mil desempregados receberam subsídio em Junho. Em relação ao mesmo período do ano passado há uma redução de quase 20%.

As prestações atingiram o valor médio de 464 euros, o que fica abaixo dos 484 do ano que passou.

No que toca ao Rendimento Social de Inserção e segundo o Instituto de Segurança Social, em Junho houve menos 1563 beneficiários, face a Maio.

Quando comparado com mesmo mês de 2013, o número cai mais de 20%.

Em Junho, o valor médio pago por beneficiário situou-se nos 90 euros e por família nos 214.

Nesta altura, perto de 219 mil e quatrocentas pessoas beneficiam daquela prestação.

Em Junho, o abono de família foi atribuído a mais 1.391 crianças e jovens do que em Maio.

Contudo, face ao mesmo período do ano passado, quase 38.300 perderam o direito à prestação social.

Quanto ao número de beneficiários do Complemento Solidário para Idosos: baixou 23% em Junho face ao mês homólogo. Mais de 52 mil idosos perderam o direito ao apoio pago todos os meses a pessoas acima dos 66 anos, com baixos recursos financeiros.