Ainda não recebeu o IRS? Espere mais 30 dias

31 jul, 2012

“Não há qualquer problema com o sistema que esteja a impossibilitar o pagamento”, mas a lei permite que o fisco proceda aos reembolsos devidos até final de Agosto.
Ainda não recebeu o IRS? Espere mais 30 dias
O mês de Julho chega ao fim e milhares de contribuintes continuam à espera dos reembolsos do IRS, uma demora justificada pelo Governo com a necessidade de confirmar os respectivos NIB para a transferência bancária.

Apesar de, em Abril, o gabinete do ministro das Finanças ter indicado que os pagamentos seriam feitos na sua totalidade até final de Julho, o Executivo lembra agora que a lei permite que as devoluções sejam feitas até ao fim de Agosto.

“O prazo para pagamentos finda em Agosto e, como tal, o Governo tem toda a legitimidade, até ao fim do prazo estipulado pela lei, para fazer o pagamento. Julgo que é a única justificação para os reembolsos ainda não terem sido efectuados”, refere à Renascença o presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos, Paulo Ralha.

O sindicalista adianta que o automatismo da máquina das Finanças e a boa vontade do Governo já podiam ter resolvido a situação, até porque, para “as pessoas que entregaram pela Internet, se houver boa vontade, em 15 dias ou uma semana faz-se o reembolso”.

“O sistema já está automatizado para estes procedimentos, não há qualquer problema ou questão relacionada com o sistema que esteja a impossibilitar o pagamento”, garante.

As Finanças não adiantam o número exacto de contribuintes que ainda aguardam os reembolsos do IRS, mas fontes citadas pela impresa desta manhã referem que devem ser cerca de 300 mil famílias.

Em 2011, os reembolsos somaram dois mil milhões de euros, tendo abrangido dois milhões e 300 mil contribuintes.