O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|

PSD quer que portugueses juntem atributos de águia, dragão, leão e formiga

19 out, 2011

Solução para sair da crise, segundo os sociais-democratas, é misturar as forças destes quatro animais.
O deputado do PSD Pedro Saraiva decidiu esta quarta-feira recorrer às fábulas e ás metáforas para explicar como o país caiu na crise e como a deve enfrentar. Para o social-democrata, é urgente adoptar "a visão da águia, a energia de um dragão, a força do leão e a postura briosa da formiga" para responder ao que aí vem.

O deputado social-democrata Pedro Saraiva diz que é urgente adoptar como alternativa "a visão da águia, a energia de um dragão, a força do leão e a postura briosa da formiga" para responder ao que aí vem.

O discurso de Pedro Saraiva mereceu uma pateada por parte da bancada do PS e aplausos de pé por parte da bancada social-democrata. As declarações do deputado foram proferidas no Parlamento já depois de duas declarações políticas de PCP e Bloco de Esquerda sobre o Orçamento do Estado que não mereceram resposta da bancada “laranja”.

Do lado do PS, Pedro Marques, ex-secretário de Estado, fez um dos mais duros ataques ao Orçamento do Estado para 2012, aproveitando as palavras de hoje do Presidente da República. "Receio que alguns limites tenham sido ultrapassados", disse Cavaco Silva.

“A maioria de direita, cuja solução é profundamente recessiva - um Orçamento que não tem uma medida consistente para o crescimento económico, a redução da Taxa Social Única que era uma bala de prata para o crescimento económico - transformou-se numa bala de carvão, numa pólvora seca. Foi assim que transformaram a vossa única medida de crescimento económico. Não têm hoje caminho para o crescimento, como ainda hoje reconheceu o Presidente da República”, disse Pedro Marques.