|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Óbitos

INE

Previsto défice na Segurança Social pela primeira vez em 11 anos

28 set, 2012

 Esta é apenas a terceira vez, desde que o INE apresenta estas contas, que o saldo da Segurança Social é negativo. 

A Segurança Social pode registar um défice de 694,1 milhões de euros em 2012 e assim contribuir para um agravamento do défice, pela primeira vez, em pelo menos 11 anos, de acordo com as estimativas do Governo enviadas pelo INE para Bruxelas.

Na segunda notificação ao abrigo do Procedimento dos Défices Excessivos enviada a Bruxelas, e publicada esta sexta-feira pelo INE, o saldo da Segurança Social pode ser negativo em 694,1 milhões de euros.

Este valor contrasta de forma muito pronunciada com a anterior previsão do Governo (incluída pelo INE no reporte enviado a Bruxelas em Março) que apontava para um saldo positivo de 98,5 milhões de euros.

Esta é apenas a terceira vez, desde que o INE apresenta estas contas, que o saldo da Segurança Social é negativo.

"Na série de contas nacionais do INE com dados das Administrações Públicas desde 1995, a Segurança social apenas apresentou uma necessidade de financiamento em 1995 e 2001", esclarece fonte oficial do Instituto.

As previsões para 2012 são da responsabilidade do Ministério das Finanças, enquanto no caso das contas de 2010 e 2011 os números apurados pelo INE são provisórios, mas já com vários dados finais incluídos nestas contas.