Paulo Portas: "A Europa está desconfortável com o mundo a fugir-lhe debaixo dos pés"

24 abr, 2019 - 07:00

"Problema demográfico", "falta de competitividade" e "mobilidade social estancada", são estes os três principais problemas que a Europa enfrenta, de acordo com Paulo Portas, antigo vice-primeiro-ministro. Em entrevista à Renascença, a um mês das Eleições Europeias, o antigo líder do CDS/PP alerta para o risco de a Europa "ficar fora da economia do futuro" e refere as potencialidades da lusofonia para Portugal como país europeu.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.