Ai aguenta, aguenta! As "bocas" de 2012

Edição de Marília Freitas, Maria João Cunha e Catarina Santos

Um gato chamado Gaspar, um presidente sem dinheiro para as despesas, um primeiro-ministro com uma flauta interior. Um ministro em busca do conhecimento permanente, uma ex-ministra que gosta de festas, um jogador da selecção que trata por "você" o Presidente. 2012 foi rico em frases, ideias e expressões polémicas, despropositadas ou mais ou menos espirituosas. Foi o ano em que Passos Coelho disse que os portugueses deviam ser menos piegas e o seu número dois lhes chamou "o melhor povo do mundo".