Turno da Tarde

Rita Valadas "Somos um país fantástico no que diz respeito à solidariedade".

17 mar, 2022 - 17:19

Estamos na Semana Nacional da Cáritas e está a decorrer o peditório nacional e com o objectivo único de ajudar quem mais precisa no nosso país (seja ou não português). A guerra na Ucrânia lançou milhões de pessoas para situações de sofrimento e necessidade e a Caritas Internationalis lançou um apelo de emergência para ajudar a sustentar o trabalho das duas organizações Cáritas ucranianas - Cáritas Ucrânia e Cáritas-Spes. A verba angariada pela campanha "Cáritas Ajuda Ucrânia" tem como objetivo reforçar a capacidade de resposta da Cáritas na Ucrânia, nos países fronteiriços e o eventual acolhimento a famílias deslocadas em Portugal. Rita Valadas, presidente da Cáritas Portuguesa, já alertou para uma "descoordenação" que pode existir pela "avalanche solidária" de resposta à Guerra. O objetivo é que a ajuda seja feita de forma organizada, tanto ao nível das doações como do acolhimento. Aconselha-se a que apenas se façam iniciativas de recolha de bens que tiverem alguém em concreto para os receber. De acordo com as indicações recebidas pela Ucrânia, são prefeveríveis os donativos em dinheiro, em vez de géneros. As doações financeiras à Cáritas podem ser feitas através de transferência bancária, de multibanco ou de MBWay. As informações estão todas no site da Cáritas: https://caritas.pt/ucrania/

RSS URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários

Renascença na Ucrânia

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.