Lviv

Uma rede de mulheres na retaguarda da guerra

19 mar, 2022 - 15:56 • José Pedro Frazão

À Ucrânia Ocidental continuam a chegar pessoas vindas de cidades afetadas pelos combates. São sobretudo mulheres, de todas as idades. Em Lviv, algumas delas juntam-se às chamadas forças de defesa territorial e ajudam em tarefas de apoio aos dispositivos militares. As mediatizadas "redes de camuflagem" são agora produzidas para serem levadas para outros pontos da Ucrânia. Cada vez que uma destas redes é concluída, é cantado o hino ucraniano na Biblioteca Municipal de Lviv, onde, no meio das salas ocupadas pelos voluntários neste moroso trabalho artesanal, ainda é possível requisitar um livro para levar, por exemplo, para um bunker.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários

Renascença na Ucrânia

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.