Empresas que nasceram durante o confinamento

Criar uma agência de viagens no meio da Covid-19? Nuno e Isabel acreditam que é o ideal

21 set, 2020 - 08:00 • João Carlos Malta , Joana Bourgard

Quando o mundo parou, um casal de Espinho achou que era altura de avançar. As fronteiras estavam fechadas e a mobilidade era (quase) nenhuma, mas estes empreendedores quiseram dar corpo a uma ideia de viajar, que acreditam, adequada aos novos tempos. Durante esta semana a Renascença publica um conjunto de histórias de empresas que nasceram entre 19 de março a 2 de maio, período em que o Governo decretou o confinamento do país.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários

Renascença na Ucrânia

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.