"Calem-se as armas". Papa apela a abertura de corredores humanitários na Ucrânia

27 fev, 2022 - 12:59 • Imagens: Vatican News

O Papa condenou, este domingo, no Vaticano, a guerra na Ucrânia e renovou o convite para que se faça, do dia 2 de março, uma jornada de oração e jejum pela paz. Nas saudações finais, Francisco aludiu à presença de muitas bandeiras da Ucrânia na Praça de São Pedro.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários

Renascença na Ucrânia

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.