JOSÉ SÁ FERNANDES

Benefícios da JMJ em Portugal "valem cem vezes mais" do que os custos

07 out, 2021 - 06:27 • Eunice Lourenço (Renascença) e Ana Dias Cordeiro (Público)

José Sá Fernandes adianta que os custos da Jornada Mundial da Juventude em Lisboa, em agosto de 2023, deverá superar os 12 milhões de euros, pagos pelas câmaras municipais de Lisboa e Loures e pela Infraestruturas de Portugal. Em entrevista à Renascença e ao jorna Público, o coordenador do grupo de missão para a JMJ 2023 defende, apesar dos custos, os benefícios são "gigantescos" e "cem vezes superior" à despesa.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.