Autárquicas 2021

André Ventura. “Se o PSD decide manter este líder, o Chega tem de assumir o lugar de principal partido da oposição”

16 set, 2021 - 07:00

O líder do Chega não afasta um cenário de entendimento com o PSD em Lisboa nas eleições autárquicas e aponta como objectivo chegar aos 5% ou mesmo 8% no total nacional. Em entrevista à Renascença, Ventura assume ainda que será difícil a prazo firmar um acordo com o actual PSD.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • João Lopes
    18 set, 2021 Porto 15:11
    Rui Rio, não tem as condições intelectuais, humanas e de bom senso, para ser líder político. Prestou um mau serviço ao PSD e aos portugueses!