Hora da Verdade

Mário Mourão. “É altura de repor aquilo que a troika nos retirou” na área laboral

18 nov, 2021 - 06:30 • Ana Carrilho (Renascença) , Inês Rocha (imagem) , Raquel Martins (Público)

Presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Setor Financeiro e o próximo secretário-geral da UGT, defende que a redução das indemnizações por despedimento ou o corte nas horas extras já não se justificam e está na hora de reverter essas normas.

RSS URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.