Biden reitera compromisso de ajuda à Ucrânia e garante medidas não são ameaça "ofensiva à Rússia"

25 jan, 2023 - 22:49 • Marta Pedreira Mixão

Joe Biden anunciou esta quarta-feira que o governo norte-americano aprovou a entrega às forças ucranianas de 31 tanques M1 Abrams, assegurando assim a continuidade no apoio militar à Ucrânia. Durante a conferência, Biden aproveitou para agradecer ao chanceler alemão, Olaf Scholz, o envio de tanques Leopard 2. Relembrando que o mundo está unido e que o apoio à Ucrânia não esmoreceu, garantiu que estas medidas não são uma ameaça "ofensiva à Rússia".

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários

Renascença na Ucrânia

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.