Bolsonaro ainda não concedeu, mas Lula já celebra a "vitória da democracia"

31 out, 2022 - 08:18 • Maria Costa Lopes com Reuters

Lula da Silva juntou-se às celebrações na avenida paulista esta madrugada. O presidente eleito expressou preocupação que Bolsonaro possa contestar o resultado "não sei se ele vai conceder" e voltou a prometer acabar com a fome e a pobreza, temas que dominaram a sua campanha. Lula da Silva torna-se presidente do Brasil com uma margem de dois milhões de votos (50,9%).

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários

Renascença na Ucrânia

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.