Rohingya resistem após cinco anos de perseguições em Myanmar

25 ago, 2022 - 19:20 • Pedro Valente Lima

Desde 25 de agosto de 2017 que Myanmar, país de maioria budista, promove uma violência e discriminação sem precedentes contra esta minoria muçulmana. Entre homicídios, violações e a falta de direitos humanos, a perseguição religiosa já deslocou quase um milhão de Rohingya. Só no Bangladesh vivem mais de 900 mil refugiados, em abrigos improvisados e inteiramente dependentes da ajuda humanitária internacional.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários

Renascença na Ucrânia

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.