Nobel da Paz para jornalistas Maria Ressa e Dmitri Muratov pela “defesa da liberdade de expressão”

08 out, 2021 - 20:40 • Sofia Freitas Moreira (edição) Reuters (imagens)

O Nobel da Paz 2021 foi atribuído a uma dupla de jornalistas - uma filipina e um russo - pela defesa da liberdade de expressão. A filipina Maria Ressa "usa a liberdade de expressão para expor o abuso de poder, o uso da violência e o autoritarismo crescente no seu país". O russo Dmitry Muratov é distinguido por defender "há décadas a liberdade de expressão na Rússia, em condições cada vez mais desafiantes".

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.