"Rui Rio pode e deve ser claro". Socialistas colam PSD ao Chega

28 ago, 2021 - 22:10 • Eunice Lourenço , Joana Bourgard

A proximidade entre o PSD e o Chega foi uma preocupação que passou por vários discursos no XXIII Congresso do PS. Mais do que ataques ao PSD, os socialistas apostam em colar o partido de Rui Rio ao de André Ventura. Ana Mendes Godinho, Isilda Gomes, Fernando Medina e Mariana Vieira da Silva referiram-se aos movimentos extremistas e antissistema como um problema de preocupação nacional. Vasco Cordeiro, que perdeu o Governo dos Açores devido ao acordo entre o PSD e o Chega, foi mais claro e deu os nomes às suas preocupações.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.